Como prevenir as doenças do coração

 

“A prevenção é a forma mais eficiente, econômica e prática para o tratamento das cardiopatias”.

As doenças cardíacas podem ser prevenidas evitando-se ou mantendo-se sob controle os seus principais fatores de risco: a obesidade, o tabagismo, o colesterol alto, o diabetes, o estresse e a hipertensão arterial. Aqui você receberá dicas de como manter tudo isso sob controle.

Embora exista uma predisposição genética para o desenvolvimento da doença cardiovascular, a sua prevenção é alcançável, por todos, desde que se tenha um estilo de vida saudável. Para tanto, deve-se realizar atividades físicas regularmente, fazer uma alimentação saudável, controlar o peso corporal e gerir o stress.
1º passo: Atividade física regular

Faça, pelo menos três vezes por semana, uma atividade física mais intensa, como a corrida, a marcha acelerada e em piso inclinado, a bicicleta, a elíptica ou aulas em grupo com gasto energético considerável (mais do que 300 kcal por sessão). Nos demais dias da semana, seja ativo, inclua atividade física no seu diaadia. Caminhe mais e suba escadas, sempre.
2º passo: Siga uma alimentação saudável

Os alimentos ricos em gorduras saturadas devem ser evitados, uma vez que promovem elevação do colesterol LDL no sangue (o famigerado “colesterol ruim”). Como exemplo podemos citar os alimentos gordos de origem animal, carne vermelha, leite, manteiga, natas, entre outros.

Os alimentos ricos em gorduras insaturadas devem ser ingeridos praticamente todos os dias, mas em doses moderadas, já quealguns possuem muitas calorias. Podemos citar como exemplo os alimentos gordos de origem vegetal, como o azeite, as nozes e as amêndoas, os peixes gordos e as aves).

Se você tiver mais de 40 anos, pode ingerir de uma a duas taças de vinho por dia.  O vinho tinto oferece mais benefícios à saúde do que o branco, incluindo proteção contra câncer. Pesquisadores suspeitam que isso seja devido ao fato de o vinho tinto conter mais polifenóis do que o branco.

Deve ingerir, diariamente, cerca de 9 doses de vegetais ou frutas. Considere uma dose a quantia que cabe na palma da mão de cada pessoa.Os cereais ingeridos devem ser, preferencialmente, integrais – de forma a aumentar a quantidade de fibra ingerida.

3º passo: Controle o seu peso

Se você pratica os dois primeiros passos, provavelmentejá possui um maior controle do seu peso. No entanto, é importante salientar que até mesmo os alimentos considerados saudáveis, quando ingeridos em excesso, promovem excesso de peso. Assim, não pense que só porque está comendo algo saudável, como frutas, isso te dá o direito de liberar a gula. Além desses cuidados, pese-se regularmente e meça o seu perímetro da cintura – isso te manterá sempre à par da sua situação.

4º passo: Alivie o Stress

O stress pode ser saudável quando em doses moderadas, no entanto, quantias exageradas de stress promovem o aumento de determinados hormônios que, consequentemente, implicam o aumento de outros hormônios que estão diretamente relacionados com o controle do peso. Além disso, os hormônios do stress também estão intimamente relacionados com o funcionamento do coração e com os níveis de concentração do colesterol sanguíneo, induzindo arritmias cardíacas e outros problemas, como hipertensão arterial. Por isso, é muito importante gerir eficazmente esses hormônios através do controle da ansiedade.Com ela controlada, a gestão do seu peso será muito mais fácil.Contribuindo, indiretamente, para a prevenção das doenças cardiovasculares.

 

Fontes:http://www.copacabanarunners.net/vinhos.html

http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3977&ReturnCatID=18

http://saberebom.blogspot.com/2008/04/4-passos-para-evitar-problemas-cardacos.html

 

Esta entrada foi publicada em Dicas de Saúde, Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>